4 de julho de 2022

Dinho vai a Brasília pedir a promulgação da PEC dos Vereadores


Após uma forte pressão para que a Câmara Federal aprovasse a Proposta de Emenda à Constituição (PEC-333/04) que aumenta para 7.343 o número de vereadores do Brasil, todas as atenções estão voltadas para o Senado. Em princípio, os deputados defenderam que deveriam ser cortados 40% do repasse atual. Só que a Casa Alta deve fazer algumas alterações nesse ponto, sugerindo um corte menor. Em contato com parlamentares e interlocutores, a reportagem apurou que existe a possibilidade de o aumento e a diminuição dos gastos serem devidamente abalizados até o final de maio.



“Acredito que o Senado deve minimizar um pouco os gastos das prefeituras com relação às câmaras municipais. Até o final de maio deveremos aprovar todo o projeto”, disse o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB).

Outra questão que deve trazer à baila uma série de críticas e reclamações, principalmente por parte da opinião pública, é um tópico em especial da PEC dos Vereadores, onde é afirmado claramente que será posta em prática logo nesta legislatura, se for aprovada. É tudo o que o ex-vereador de Paulo Afonso Edson Oliveira (Dinho) quer. Dinho esteve recentemente em Brasília junto com outros suplentes de vereador, para pedir o apoio dos parlamentares para a “Promulgação Já” da referida PEC. Além de Edson Oliveira, outros seis suplentes seriam beneficiados, Delmiro do Bode; Zezinho do INSS; Maria do Carmo; Cabral e Ângelo Carvalho.


 


Se isso acontecer, pegará os vereadores de supetão, podendo inclusive “quebrar” a estabilidade financeira dos legislativos.


 


O líder do Partido Progressista (PP) Mário Negromonte já se mostrou favorável e quer que a Câmara priorize a promulgação da PEC dos Vereadores (333/04). Já o deputado José Carlos Aleluia (DEM) é contra o aumento do número de vereadores para essa legislatura.


 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!