5 de julho de 2022

“Minha Casa, Minha vida” – Pauloafonsinos poderão comprar casa pagando 50 reais por mês

No programa Ronda 950 da Rádio Bahia Nordeste desta quinta-feira, 16, a Gerente geral da Caixa Econômica Federal (CEF) Íris de Oliveira, fez vários esclarecimentos sobre o funcionamento do Projeto Habitacional “Minha Casa Minha vida”, confira:



Em relação ao projeto o que a senhora tem a dizer ?
 


Íris de Oliveira – O primeiro passo que Paulo Afonso deu para ser contemplado com esse programa foi o prefeito ter assinado o termo de adesão se comprometendo a ser parceiro nesse programa junto com o governo federal. É um programa que depende muito do município, por que o município vai fazer a doação do terreno, ele vai preparar a infra-estrutura então não são todos os municípios que vão ter acesso a esse programa, apenas aqueles municípios onde o déficit habitacional é muito grande, aqueles municípios com mais de 100 mil habitantes é que vão participar desse programa e além disso a prefeitura tem que assinar esse termo de adesão na cidade de Paulo Afonso tudo isso aconteceu e agora a nossa população esta apita a participar desse programa.
 


Como os interessados podem ter acesso ao cadastro no projeto Minha Casa Minha Vida ?
 


Íris de Oliveira – Já foi definido pela prefeitura um local pra manifestação de interesse, na verdade as pessoas com renda de 0 a 3 salários mínimos podem manifestar interesse em participar desse programa, local será na avenida contorno número 145 vizinho a direc, e as inscrições vão começar apartir do dia 27 de abril, neste momento nós estamos organizando nos estruturando pra poder receber estas pessoas, é importante frisar que uma concessão habitacional dentro de algum tipo de programa do governo ou mesmo algum beneficio social em relação a habitação ou qualquer pessoa que já tem imóvel ela já está fora do programa, este é um benefício para quem não imóvel e tem renda de 1 a 3 salários mínimos. Quanto a documentação neste primeiro momento é só apresentar a identidade e CPF e um comprovante de renda formal ou informal, mas, na manifestação de interesse basta apenas que a pessoa leve a identidade e CPF e só preencher um formulário no momento em que for feita a seleção, ou seja uma pré – seleção que é um critério entre as pessoas que moram no benefício a mais 3 anos, é um requisito a mais do que as outras, sobre esta seleção o governo federal vai lançar depois uma cartilha neste momento é mais um momento de cadastramento mesmo.
 


Em Paulo Afonso quantas residências serão construídas ?
 


Íris de Oliveira – No Brasil pra essa faixa de renda de 1 a 3 salários mínimos serão construídas 400 mil, não existe um quantitativo especifico para cada cidade, mas, aquilo que a prefeitura poder fazer no que tange a quantidade de terreno e enquanto tiver subsídio vai ser feito, então, aquela prefeitura que sairam na frente e se organizaram vão ter o acesso mais rápido.


 


Parceria com o município

Íris de Oliveira – Com certeza, é uma oportunidade única é um programa muito bom, e vai resolver o déficit habitacional pelo menos em 14% em todo o país, além de ser muito fácil e disburocratizado e as casa são casas de boa qualidade, para quem tem renda entre 1 e 3 salários mínimos e esta casa vai ficar em torno de 37 mil reais se for apartamento 42 mil, a prestação não pode exceder a 10% do valor que a pessoa tem como renda e uma excelente notícia é que a pessoa só começa a pagar depois que já está morando.
 


A contrapartida do município é apenas o terreno ?
 


Íris de Oliveira – Não, a prefeitura entra com o terreno e toda infra-estrutura, ela entra também desonerando, de certa forma liberando tributos, fazendo toda a parte técnico – social, a prefeitura é muito importante tem um emprego muito grande no projeto.
 


Qual o valor da prestação do imóvel ?



Íris de Oliveira – A prestação será de 10% do valor de sua renda, um exemplo: Se uma pessoa ganha um salário mínimo a prestação vai ser de 50 reais porque ela é uma prestação mínima, uma pessoa que ganhe 900 reais terá que pagar 90 reais o que corresponde a 10% do seu salário, é um valor fixo, após 10 anos esse valor é liquidado, o governo vai entrar com subsídio que seria necessário pra pessoa ter um imóvel, e provavelmente uma pessoa com pouca renda com uma prestação de 50 reais uma pessoa hoje não compraria um imóvel nem de 10 mil reais com uma prestação dessa, então subsídio será pra poder completar tudo isso, para que a pessoa possa ter um imóvel de 37 mil reais pagando apenas 10% de seu salário, é importante acrescentar que o registro desse imóvel ficará no nome da mulher.
 


O que está faltando para que se dê inicio a este projeto? Já houve reunião com o prefeito Anilton?


 


Íris de Oliveira – Conversamos ontem com o prefeito firmamos esse acordo, Paulo Afonso pelas características dela tem um plano diretor de poucas possibilidades de doação de terreno, nós temos uma área de preservação ambiental muito grande, então, logo que o prefeito consiga uma área que contemple tanto o beneficiário como o plano diretor bem como a prefeitura, porque tudo isso tem que ser levado em conta antes de ser começado um projeto,
 


O que pessoas  interessadas têm que fazer agora de imediato?
 


Íris de Oliveira – Agora de imediato a pessoa tem que primeiro separar a documentação dela CPF identidade, aguardar até o dia 27, que é quando a prefeitura já terá montado um posto na avenida contorno 145 vizinho a Direc, as pessoas vão ser cadastradas neste local, é importante salientar o seguinte não é por ordem de chegada, então não precisa ter muita ansiedade em chegar primeiro porque ainda vão ser definidos critérios de avaliação.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!