5 de julho de 2022

“Sonoro Silêncio” – Filme produzido por dois jovens de Paulo Afonso

Edson “Chuck” estava em Garanhuns com problema na garganta, totalmente sem voz, passando três dias sem falar. Indignado pensava no que ia fazer numa banda mudo, foi quando sentou pra assistir televisão e se viu diante de um campeonato de guitarra imaginária que as idéias começaram a vir. “Poxa, vou chamar um cara desses pra tocar na minha banda. O cara toca guitarra imaginária, eu sou mudo e tô cantando”.


 


Foi quando ele pensou em fazer um conto em cima disso, só que depois pensou, “nunca fui bom em escrever”. Assim mesmo ele foi esboçando o que poderia ser a história, os personagens… “Mas não vai dar a mesma impressão em um conto, não transmite a mesma sensação”, disse Chuck. Foi quando comentou com Samuel, que já estava tendo uma experiência com audiovisual, da idéia de fazer um curta-metragem. Mas foi quando Samuel terminou o roteiro que ele percebeu que dava pra ser feito muito mais que um curta, mas sim um longa, partindo daí a criação do filme “Sonoro Silêncio”.


 


“Astrobaldo sonhava tocar guitarra, mas seu salário de entregador de jornais mal dava para pagar as despesas. Após uma tentativa frustrada de juntar dinheiro para comprar o instrumento, e agora sem emprego, saiu desconsolado pelos bares da cidade bebendo e gastando o que sobrou das economias. Na sarjeta encontra um desconhecido que lhe vende uma guitarra usada. Feliz começa a tocar ali mesmo, mas é abordado por um bêbado e um mendigo, que afirmam verem ele com as mãos vazias, sem instrumento algum. O grupo então decide criar uma banda, onde ninguém tem instrumento. Como vocalista escolhem Cida, uma jovem muda. A banda, agora completa, sai pela cidade aprontando mil peripécias enquanto procuram encontrar um jeito de se apresentarem para o grande público.” (Sinopse Sonoro Silêncio)


 


O filme Sonoro Silêncio foi feito com a intenção de incentivar a cena artística, ser feito do jeito mais simples e por pessoas comuns. O texto, música e todos os participantes são de pessoas da cidade, com o intuito de divulgar o trabalho e criar uma idéia de consumo local. A proposta inicial não seria o filme em si, mas sim a provocação que ele trás, de desvincular a idéia de que só quem é um profissional pode realizar determinado trabalho. Foram sem pedir dinheiro a ninguém, que também mostraram que todos nós podemos ser cineastas, atores, escritores… Porém tiveram sim a colaboração de pessoas que simpatizaram com o filme.


 


Após nove meses de trabalho o filme está pronto. Foi previsto inicialmente um lançamento mais bem trabalhado, um trabalho nas escolas com roteiro e exibição. Faria parte do pacote também a apresentação das bandas que participaram da trilha sonora, fechando o projeto com uma discussão sobre audiovisual, pois o filme foi todo trabalho nesse sentido. Porém houve muitos imprevistos e tudo agora depende de outras articulações. O filme está à disposição pra quem quiser trabalhar em cima dele, o que haverá agora é uma distribuição sem comercialização, poderá também haver algumas exibições.


 


Click aqui e veja a primeira cena do filme e outros vídeos relacionados.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!