6 de julho de 2022

Mário Negromonte comemora decisão do Presidente Lula sobre repasse do FPM

O Líder do Partido Progressista na Câmara, deputado Mário Negromonte comemorou a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de garantir o repasse do Fundo de Participação dos Municípios pelo menos no valor igual ao que foi repassado em 2008. “Isto significa que os municípios terão garantido o repasse de, no mínimo,  51,3 Bilhões de reais, igual ao do ano passado. Isto vai beneficiar principalmente os pequenos municípios, já que foi identificado que a maior perda seria deste, os grandes municípios não perderiam muito” disse o líder.

 

Negromonte participou da reunião do Conselho Político que começou por volta das 17:45 e só foi terminar às 19:10. Participaram da reunião os ministros da fazenda Guido Mantega, do planejamento, Paulo Bernardo,. da previdência, José Barroso Pimentel  e das relações institucionais,  José Múcio Monteiro. “ A ministro Dilma compareceu só para nos cumprimentar, eu a chamei de presidente e ela riu muito”, brincou  o líder.

 

O bom humor se deve a tão esperada medida de ajuda aos municípios. “Minha esposa é prefeita de Glória e só nos quatro primeiros meses do ano o município perdeu 1 milhão de reais sendo que a arrecadação mensal é de 1,5 milhões mensais. Já imaginou em quatro meses de 6 milhões os cidadãos de Glória terão menos 1 milhão para ser aplicado em benefícios para a população”, exemplificou o líder.

 

“Acho esta decisão de garantir o repasse do FPM igual ao do ano passado uma decisão histórica. Demonstra muita sensibilidade do presidente Lula em relação as desigualdades regionais. Não pode o sul ficar rico e o nordeste pobre porque isto causa o êxodo da população” ,disse ainda o líder. “ O presidente Lula também evitou com isto uma manifestação recorrente dos prefeitos em Brasília. Ninguém iria aguentar o choro dos prefeitos, ia ser prefeito dia e noite reclamando. Agora só temos que comemorar este avanço.” afirmou Negromonte.

 

O líder disse ainda que o presidente pediu para tratar da cobrança doas dívidas do INSS na Medida Provisória que tramita no Congresso Nacional.

 

Fonte: Marta Morosini, assessoria de comunicação da liderança do PP na Câmara.  

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!