6 de julho de 2022

Torcedor faz festa e masters do Flamengo goleiam Paulo Afonso por 4 x 0

Debaixo de um sol forte, com a temperatura em torno de 36ºC, aproximadamente 2000 pessoas trocaram uma lata de leite e um pacote de café por um ingresso para ver Nunes, Cláudio Adão, Adílio, Paulo Henrique Rondinelli, Zé Carlos Uri Geller e companhia em ação, na tarde deste domingo (15/03), no Estádio Álvaro de Carvalho. A partida entre os masters do Flamengo contra os masters de Paulo Afonso terminou com uma goleada de 4 x 0 para os cariocas.


 


Com torcedores de todas as idades, a festa lotou o estádio que se coloriu de vermelho e preto. O time de Paulo Afonso mesclou ex-jogadores da seleção campeã do intermunicipal de 85 com agentes políticos como o Prefeito Anilton Bastos, que jogou apenas 15 minutos e o Secretário de Desenvolvimento Econômico Petrônio Nogueira que conseguiu chutar uma bola em gol, para defesa do goleiro Zé Carlos, que com uns quilos a mais, trabalhou pouco durante todo o jogo.


Apesar de ser um jogo festivo, o juiz da partida “Margarida” que deu um show à parte, distribuiu vários cartões amarelos e três vermelhos (rosas), expulsou dois jogadores de Paulo Afonso, “Nego Edson” e “Paulão” e um do Flamengo, Nunes.  


 


Os gols do flamengo foram marcados por Lira, Cláudio Adão (2) e até o goleiro Zé Carlos deixou o dele numa cobrança de pênalti.


 


O melhor jogador da partida foi Adílio, que lembrou que seu início no clube foi aos seis anos no futebol de salão e diz que faz questão, depois de participar da sua história, continuar jogando com a equipe de masters. Conhecido por sua disciplina, durante os 24 anos que jogou profissionalmente pelo clube, só recebeu três cartões amarelos. “Nunca fui expulso”, diz com orgulho.

Ele reconhecou que “daquele tempo para cá” o nível técnico do futebol melhorou.  “Antigamente você levava duas pancadas não acontecia nada. Hoje um jogador segura na camisa de outro e ganha cartão amarelo” afirmou.

Já o goleiro Zé Carlos, outro dos jogadores idolatrado pela torcida, classificou este time como uma oportunidade de reencontrar amigos e manter este contato com os fãs. “Estamos sempre realizando estes jogos para que as pessoas possam rever o futebol e muitos ver pessoalmente jogadores que só conheciam através do rádio ou da televisão.”


O objetivo principal desta partida, foi para lançar o projeto da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, através da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Cultura em parceria com a Escola Zico 10 e visa à inclusão social de jovens pelo esporte.


 


Todas as crianças receberão KITS com uniformes padronizados e acompanhamento socioeducativo. Inicialmente, serão atendidas 300 crianças até os 12 anos de idade, matriculadas nas sedes da Escola Zico 10 que funcionarão na Ilha de Paulo Afonso e no BTN.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!