7 de julho de 2022

Paulo Afonso vai ganhar Núcleo de Repressão ao Narcotráfico

O Delegado Chefe da Polícia Civil da Bahia Joselito Bispo e o Diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin) da Polícia Civil, delegado Bernardino Brito Filho, estiveram hoje, 10, em Paulo Afonso, visitando o prédio onde funcionará o Núcleo de Inteligência em Repressão ao Narcotráfico em Paulo Afonso. Joselito Bispo firmou uma parceria com a Chesf , ao assinar  um termo de cessão de um imóvel para implantação do órgão em Paulo Afonso.


 


Segundo o Coordenador da Delegacia Regional Mozart Cavalcante, qur foi entrevistado pelo portal de notícias www.ozildoalves.com.br – Paulo Afonso Agora – “Este é um grande passo para a instalação definitica de uma DTE (Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes)”. Mas, para Mozart, o trabalho da equipe que fará parte deste Núcleo, que será coordenada por ele mesmo, não vai ser diferente de uma DTE. “Lá funcionará um serviço de inteligência reservado para o combate ao tráfico de drogas em Paulo Afonso, estarei coordenando uma equipe formada por um Delegado que será Cláudio Humberto e mais quatro Agentes de Polícia. O atendimento vai ser aqui mesmo no Complexo Policial para onde os acusados de envolvimento com o tráfico serão trazidos, o importante é que teremos uma equipe 24 horas, focada neste objetivo, que é a diminuição do tráfico e uso de drogas na cidade e região”.


 


Mozart que foi parabenizado pelos dois principais representantes da polícia civil baiana, disse ainda que este serviço ficará à disposição da população no máximo em até 60 dias. O prédio onde funcionará o Núcleo, foi cedido pela Chesf, está localizado no Acampamento Chesf, antigo Posto da Polícia Federal. “Depois de muita luta, foram pelo menos quatro contatos com a APA (Administração Regional da Chesf), através de Gilberto Pedrosa Júnior (Maninho) e Marileide Brasil, até a liberação daquele importante espaço físico” disse Mozart que aproveitou para agradecer a parceria da Chesf “gostaria de registrar a sensibilidade desses dois gestores, que mesmo o espaço sendo requisitado por pelo menos mais três órgãos, perceberam que a questão das drogas merece muita atenção”.


 


O coordenador finalizou a entrevista, pedindo o apoio dos poderes constituídos do município e principalmente a população “Nosso objetivo é diminuir cada vez mais o uso e tráfico de drogas na cidade, mas, sem o apoio da comunidade, do executivo, legislativo e do judiciário, não será possível alcançar esse propósito.”

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!