6 de julho de 2022

Exclusivo: nota pública das entidades que acompanharam o concurso municipal


 


Conforme matéria publicada pelo site, baseada nas informações do vereador Ozildo Alves (PTN), que na última quarta-feira, 04, em conversa com o Presidente da OAB Paulo Afonso, José Fernades Neto, que presidiu a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, onde havia dito que após reunião com todas as entidades que participaram da comissão, se chegou a conclusão que não houve problemas com o concurso, o site www.ozildoalves.com.br, publica agora, com exclusividade, a nota pública assinada com o posicionamento dos representantes da OAB, CREA, APLB, ASCOPA, ABO, CROBA e SINERGIA, sobre o Concurso Municipal. Veja abaixo a íntegra da nota:


 


OAB – CREA/BA – APLB – ASCOPA – ABO – CROBA – SINERGIA



 


NOTA PÚBLICA


 


As entidades OAB (Ordem dos Advogados do Brasil/Subseção de Paulo Afonso), CREA/BA (Conselho Regional de Arquitetura, Engenharia e Agronomia), APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia), ASCOPA (Associação Comercial de Paulo Afonso), ABO (Associação Brasileira de Odontologia), CROBA (Conselho Regional de Odontologia da Bahia) e SINERGIA (Sindicato dos Eletricitários da Bahia), nomeadas pelo Decreto Municipal nº 3.571/2007 para integrar a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público 01/2007, promovido pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:


 


1-  Representando a sociedade civil do nosso Município, a Comissão acompanhou juntamente com o Ministério Público todas as fases do Concurso Público nº 01/2007 (observou os lacres dos envelopes que continham as provas, acompanhou a abertura dos referidos envelopes e também acompanhou a leitura dos cartões de resposta).


2-  Em nenhum momento das fases acima, foram identificados elementos que pudessem ensejar a nulidade dos atos praticados.


3-  Até a presente data, as citadas entidades representativas, não receberam qualquer convite da Prefeitura Municipal, visando conhecer algum tipo de irregularidade identificado pela atual gestão.


4-  Os representantes que integram a Comissão colocam-se à disposição do Município, para auxiliar naquilo que for da competência e atribuição de cada entidade, objetivando a total transparência do processo.


 


As instituições que fazem parte da Comissão reiteram o firme propósito de continuarem trabalhando em conjunto, visando à concretização do Concurso Público nº 01/2007, bem como pelo respeito e fiel cumprimento do princípio constitucional dos direitos adquiridos, consagrado no art. 5º, inciso XXXVI da Constituição.


 


Paulo Afonso/BA, 03 de março de 2009


 


OAB-ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL



 


Conforme matéria publicada pelo site, baseada nas informações do vereador Ozildo Alves (PTN), que na última quarta-feira, 04, em conversa com o Presidente da OAB Paulo Afonso, José Fernades Neto, que presidiu a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, onde havia dito que após reunião com todas as entidades que participaram da comissão, se chegou a conclusão que não houve problemas com o concurso, o site www.ozildoalves.com.br, publica agora, com exclusividade, a nota pública assinada com o posicionamento dos representantes da OAB, CREA, APLB, ASCOPA, ABO, CROBA e SINERGIA, sobre o Concurso Municipal. Veja abaixo a íntegra da nota:


 


OAB – CREA/BA – APLB – ASCOPA – ABO – CROBA – SINERGIA



 


NOTA PÚBLICA


 


As entidades OAB (Ordem dos Advogados do Brasil/Subseção de Paulo Afonso), CREA/BA (Conselho Regional de Arquitetura, Engenharia e Agronomia), APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia), ASCOPA (Associação Comercial de Paulo Afonso), ABO (Associação Brasileira de Odontologia), CROBA (Conselho Regional de Odontologia da Bahia) e SINERGIA (Sindicato dos Eletricitários da Bahia), nomeadas pelo Decreto Municipal nº 3.571/2007 para integrar a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público 01/2007, promovido pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:


 


1-  Representando a sociedade civil do nosso Município, a Comissão acompanhou juntamente com o Ministério Público todas as fases do Concurso Público nº 01/2007 (observou os lacres dos envelopes que continham as provas, acompanhou a abertura dos referidos envelopes e também acompanhou a leitura dos cartões de resposta).


2-  Em nenhum momento das fases acima, foram identificados elementos que pudessem ensejar a nulidade dos atos praticados.


3-  Até a presente data, as citadas entidades representativas, não receberam qualquer convite da Prefeitura Municipal, visando conhecer algum tipo de irregularidade identificado pela atual gestão.


4-  Os representantes que integram a Comissão colocam-se à disposição do Município, para auxiliar naquilo que for da competência e atribuição de cada entidade, objetivando a total transparência do processo.


 


As instituições que fazem parte da Comissão reiteram o firme propósito de continuarem trabalhando em conjunto, visando à concretização do Concurso Público nº 01/2007, bem como pelo respeito e fiel cumprimento do princípio constitucional dos direitos adquiridos, consagrado no art. 5º, inciso XXXVI da Constituição.


 


Paulo Afonso/BA, 03 de março de 2009


 


OAB-ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL



 


Conforme matéria publicada pelo site, baseada nas informações do vereador Ozildo Alves (PTN), que na última quarta-feira, 04, em conversa com o Presidente da OAB Paulo Afonso, José Fernades Neto, que presidiu a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, onde havia dito que após reunião com todas as entidades que participaram da comissão, se chegou a conclusão que não houve problemas com o concurso, o site www.ozildoalves.com.br, publica agora, com exclusividade, a nota pública assinada com o posicionamento dos representantes da OAB, CREA, APLB, ASCOPA, ABO, CROBA e SINERGIA, sobre o Concurso Municipal. Veja abaixo a íntegra da nota:


 


OAB – CREA/BA – APLB – ASCOPA – ABO – CROBA – SINERGIA



 


NOTA PÚBLICA


 


As entidades OAB (Ordem dos Advogados do Brasil/Subseção de Paulo Afonso), CREA/BA (Conselho Regional de Arquitetura, Engenharia e Agronomia), APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia), ASCOPA (Associação Comercial de Paulo Afonso), ABO (Associação Brasileira de Odontologia), CROBA (Conselho Regional de Odontologia da Bahia) e SINERGIA (Sindicato dos Eletricitários da Bahia), nomeadas pelo Decreto Municipal nº 3.571/2007 para integrar a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público 01/2007, promovido pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:


 


WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!