6 de julho de 2022

Nota da Assessoria do Vereador Celso Brito

Gostaríamos aqui diante dos internautas deste site expressar o nosso repúdio ao comportamento e expressões utilizadas por alguns comentaristas desta matéria.


 


Primeiramente não podemos aceitar que mentiras e denúncias vazias vindo de pessoas desqualificadas, escondidas no anonimato ataquem a honra de homens de bem que lutam para que os direitos dos cidadãos sejam resguardados, pois esse tem sido o papel da oposição na Câmara de Vereadores de Paulo Afonso.


 


Os ataques dirigidos aos vereadores eleitos pelo voto popular, os envolvendo em supostos atos ilícitos, tornam os comentários que buscam denegrir a imagem destes vereadores, ainda mais maliciosos e mentirosos. Pois, dentre os vereadores eleitos que eram secretários no governo anterior, estes deixaram seus cargos no dia 4 de abril de 2008, e desde então não retomaram as atividades das secretarias, mesmo após o prazo eleitoral do afastamento.


 


Sendo assim, não tem nenhuma responsabilidade sobre os atos que se seguiram após esta data e nem tampouco se envolveram nos atos alardeados pro adversários, que precisarão provar na justiça as suas denúncias, pois não iremos tolerar que nomes honrados sejam manchados por atos de vingança e perseguição política.


 


A título de informação, o vereador Celso Brito quando secretário de Saúde do município manteve-se exemplarmente em seu cargo, trazendo a Paulo Afonso os maiores avanços já conquistados pelo município na área de saúde em toda sua história(GESTÃO PLENA, CAPS AD,AUMENTO DO NÚMERO DE PSF,MODERNIZAÇÃO DO CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO FARMACEUTICA,MUNICIPALIZAÇÃO DO HMPA,HABILITAÇÃO DO CAPS II,CENTRO DE ESPECIALIDADE ODONTOLÓGICA, SAMU), nunca se eximindo de sua responsabilidade, e quando convidado a prestar esclarecimentos públicos sobre as ações de sua secretaria foi a Câmara de Vereadores e a imprensa.


 


Agora imoral mesmo é causar a demissão em massa de mais de 2000 funcionários públicos contratados, desmontar o serviço de saúde municipal e por em risco a vida dos cidadãos, privando-os de tratamentos especializados apenas por vingança política. Imoral é não convocar os aprovados no concurso público com alegações infundadas de irregularidades, na tentativa de barrar a legalidade e beneficiar apadrinhados políticos.


 


O papel da oposição será sempre o de fiscalizar e exigir que os serviços públicos cheguem a todos de forma igualitária e sem favoritismo; é ir a todas as esferas públicas desta Nação cobrar recursos e atenção como fizemos ao ir até o governador do Estado, que sabe muito bem quem são os governantes atuais deste município. Iremos lutar pelo fortalecimento do grupo que continua com os 5 vereadores e está aberto a adesão daqueles que querem se unir para defender os interesses da nossa população, assim como, prontos para o debate limpo e digno de ser compartilhado por todos que tem acesso aos meios de comunicação.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!