Vídeo mostra tiro em crime que matou ator e seus pais; vizinhos contam detalhes

Imagens mostram vítima caindo no chão após ser atingida

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM CORREIO DA BAHIA | 12 de junho de 2019 às 0:01

Rafael ao lado dos pais e da namorada. (Foto: Reprodução)



 

Uma câmera de segurança registrou o momento do assassinato do ator Rafael Miguel, 22 anos, e dos seus pais, João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, 50. Os três foram assassinados a tiros na tarde de domingo (9), em São Paulo.

 

No vídeo, não é possível identificar quem é a vítima que aparece ferida, mas dá para ver que a pessoa cai no chão, ao lado de um Renault Kwid vermelho, após ser atingida. As imagens também não mostram quem é o autor dos disparos, mas o principal suspeito é o comerciante Paulo Cupertino Matias, 48, pai de Isabela Tibcherani, namorada do jovem. Ele está foragido e não aceitava o namoro dos dois.

 

Nas gravações ainda é possível ver a chegada da Polícia Militar ao local do crime cerca de cinco minutos depois. Logo após os assassinatos, é possível notar uma grande movimentação de vizinhos pela rua. Eles, inclusive, chegaram a relatar que vários tiros foram disparados.

 

As imagens já foram entregues à Polícia Civil e serão analisadas.

 

 

Vizinhos do suspeito de matar o ator Rafael Miguel contam detalhes do crime

 

Paulo Cupertino Matias, suposto autor do crime, era tido como uma ‘pessoa violenta’

O assassinato do ator Rafael Henrique Miguel, 22, e seus pais João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, 50, deixou os vizinhos de onde aconteceu o crime assustados. Morador do bairro Pedreira, em São Paulo, o aposentado José Marques, 69, disse ao UOL que está chocado com as mortes, que aconteceram perto de sua casa.

 

“Estávamos fazendo um churrasco quando ouvi um tiroteio. O pessoal pensou que era bombinha, mas eu falei: ‘Corre pra dentro’. Parecia arma automática porque foram vários tiros seguidos. Tinha uma pessoa que gritava muito, acredito que fosse a namorada”, disse o aposentado José Marques, 69 anos, vizinho do acusado.

 

Pai de Isabela Tibcherani é o único suspeito do crime (Foto: Reprodução/Instagram)

De acordo com Marques, as pessoas saíram de suas casas ao ouvirem o barulho. “Tinham crianças jogando bola, elas correram. Eu fui verificar o que tinha acontecido e vi três pessoas mortas”, relatou o homem que mora há 40 anos no local. Sobre o acusado, o aposentado diz não ter tido muito contato. “Era uma pessoa normal para mim, bem reservada. Não sabia que ele era violento”, afirma.

 

O casal acompanhava Rafael até a casa da namorada para conversar com os pais de Isabela sobre o namoro. Segundo as testemunhas, o paí de Isabela, Paulo Cupertino teria atirado e matado Rafael e os pais dele. O pai de Isabela, que era considerado violento por outra fonte ouvida pela reportagem, está foragido.

 

Paulo Cupertino é considerado foragido (Foto: Reprodução/TV Globo)

Em uma publicação no Facebook, a jovem de 18 anos compartilhou imagens do último encontro que teve com o namorado: “E ontem a gente se reencontrou, depois de meses, apenas sonhando com esse momento, contando os segundos, os dias. E aconteceu. O melhor dia das nossas vidas, de longe. Dá pra ver pelo nosso olhar, nesse momento éramos só você e eu, em meio a todas aquelas pessoas, não tinha mais nada além de nós dois”.




 

 

Em outro trecho do texto, Isabela relata o sofrimento que está vivendo, mas promete se lembrar do namorado para sempre: “Tá muito difícil de assimilar mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo. Lutamos juntos, até o final. Mas não é o fim, meu príncipe, jamais será. Eu vou honrar nossa história, vou realizar nossos sonhos, todos que eu puder! Eu jamais amei alguém como amo você. E jamais amarei outro”, disse

 

Veja publicação na íntegra:

 

“E ontem a gente se reencontrou, depois de meses, apenas sonhando com esse momento, contando os segundos, os dias. E aconteceu. O melhor dia das nossas vidas, de longe. Dá pra ver pelo nosso olhar, nesse momento éramos só você e eu, em meio a todas aquelas pessoas, não tinha mais nada além de nós dois. Lembra, minha vida, que a gente casou de brincadeira? Trocamos nossas alianças pra mão esquerda e dissemos “Pronto! Casamos!” E quem diria, que eu e você, duas pessoas que não pensavam jamais em casamento, tinham como sonho, desde o dia que nos conhecemos, casar. Casar numa praia linda (mesmo você preferindo o frio e eu o calor), pés na areia, de frente pro mar. A gente casou, meu amor, ontem mesmo, naquele momentinho só nosso e isso ninguém pode tirar. Tá muito difícil de assimilar mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo, que me apresentou o amor de verdade, que me salvou e acreditou em mim, quando muitas vezes eu pensei em desistir. Você foi meu pilar, minha força, mesmo enfrentando seus próprios problemas, mesmo vivendo uma luta constante. Lutamos juntos, até o final. Mas não é o fim, meu príncipe, jamais será. Eu vou honrar nossa história, vou realizar nossos sonhos, todos que eu puder! Vou conhecer Boston, vou ler sua saga favorita, assistir a melhor série que te fez feliz nos ultimos tempos. Vou fazer o mundo ver você por quem você é! Um herói. Meu herói. E eu sempre serei sua babyzita, sua sunflower, sua ladybug, sua esposa. Eu vou lutar cada dia, sem parar, por nós dois. Me perdoe se eu não disse vezes suficiente que te amo, se briguei com você por bobagens. Você me fez amar os gatinhos, você me mudou desde o primeiro instante, me fez ser mais doce. Me deu a capacidade de ser mais amável. Eu jamais amei alguém como amo você. E jamais amarei outro. You’re the one. My husband, my angel, my king. E como nossa frase diz e será eternizada ‘Together. Always.’ Eu te amo!”, escreveu no Facebook.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.