Vereadores aprovam redução dos próprios salários de R$ 6 mil para R$ 1,2 mil

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM O GLOBO | 1 de junho de 2019 às 19:20

Proposta de redução de até 80% dos salários foi aprovada no dia 27 de maio Foto: Reprodução/Youtube Câmara de Arcos



 

 

Vereadores de Arcos, em Minas Gerais, aprovaram a redução dos próprios salários, do prefeito e dos secretários: um fato que chamou a atenção dos moradores do município mineiro.

 

A Câmara Municipal aprovou esta semana dois Projetos de Lei que tratam da redução de salários no Legislativo e Executivo, para conter os gastos da cidade.

 

As propostas reduzem em 80% os salários de vereadores, 50% do salário para prefeito e vice-prefeito, e 20% dos salários dos secretários a partir da próxima legislatura, em 2.020.

A redução

 

Atualmente, os vereadores recebem R$ 6.149,21 por mês. Com a aprovação do Projeto de Lei, a quantia cai para R$ R$ 1.229,84.

 

No Executivo, o salário para o cargo de prefeito baixa de R$ R$ 24.224,41 para R$ R$ 12.112,20.

 

O do vice-prefeito diminui de R$ R$ 6.458,90 para R$ 5.167,12.

 

Já os secretários municipais, que recebem R$ 7.975,66 ganharão R$ 6.380,52.

 

Segundo a Câmara, os novos valores vão valer de 2.020 até 31 de dezembro de 2024.




 

Prefeito aprova

 

O prefeito de Arcos, Denilson Teixeira, afirmou que vai sancionar o projeto.

 

“É uma pauta da Câmara de Vereadores e, assim que o projeto chegar na Prefeitura será sancionado e devolvido ao Legislativo”.

 

O vereador presidente em exercício da Câmara, Henrique Sabino Messias, do PSD, disse que a redução no salários dos parlamentares vai trazer economia aos cofres do município.

 

“Tendo em vista que a função de vereador não exige dedicação exclusiva, e como exemplo desta casa, todos têm outras funções remuneradas, vimos que essa redução não irá afetar ninguém. Cabe lembrar, que essa redução não será colocada em prática nesta legislatura”, disse Henrique.







8 pensamentos em “Vereadores aprovam redução dos próprios salários de R$ 6 mil para R$ 1,2 mil”

  1. Interessante estes vereadores da cidade de Arcos-MG, aprovaram a alteração dos salários a partir de 2020, porque não de imediato, ora em 2020 haverá eleições municipais, é muita cara de pau.

  2. Aqui na cidade de paulo afonso deveria acontecer do mesmo!
    A redução dos salários destes que não fazem nada!
    Mas essa redução que seja feita permanente.
    Assim o povo ficará mais feliz…enquanto isso o trabalhador se mata o mês inteiro para ganhar um salário seco, quanta pouca vergonha!

  3. Muito bem, vamos ver se os próximos vereadores eleitos vão querer disputar as vagas na Câmara Municipal, em Paulo Afonso deveria ser igual, os vereadores também deveria votar uma proposta dessa para reduzir os salários dos vereadores, prefeito, vice, e secretários que são um absurdo.

  4. Vereadores, secretarios, prefeito e vice Prefeito PARABENS pela iniciativa, o BRASIL precisa desse tipo de postura, que estrutura publica de salarios e beneficios seja um pouco parecida com a iniciativa privada. esperamos agora que o Prefeito Denilson Teixeira – Arcos-MG sancione a lei e que seja um exemplo para outros municipios dos estados Brasileiro!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.