UNIT de Aracaju e Universidade Federal de Pernambuco são alvo de ameaças de ataque

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM TNH1 | 10 de junho de 2019 às 15:08




 

Duas universidades no Nordeste foram alvo de ameaças nos últimos dias nas redes sociais. O primeiro caso aconteceu em Pernambuco, nesse sábado (8), quando prints de conversas alertaram sobre um suposto ataque que iria acontecer na unidade. Já nesta segunda-feira (10), em Sergipe, um aluno teria sido o responsável por ameaçar professores e funcionários do local. Por precaução, as aulas foram suspensas.

 

Começou a circular no sábado, em grupos de Whatsapp de estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), prints de conversas na deep web, parte da internet não acessível pelos mecanismos de busca e oculta do grande público, de um suposto ataque armado prestes a acontecer.

 

De acordo com os prints, o endereço virtual onde estaria sendo organizado o ataque se chama Dogolachan, mesmo espaço em que teria sido planejado o ataque a uma escola de Suzano (SP). As conversas afirmam, inclusive, que uma das pessoas que estão planejando o ataque já teria levado uma AR-15 para a UFPE no último dia 05 de junho e espera apenas “uma falha na segurança”. Muitos alunos estão com medo de frequentar o Campus Recife da UFPE.

 

Ontem, a Reitoria emitiu uma nota e informou que toma providências sobre ameaça de ataque à Universidade. Veja na íntegra:

 

A fim de tranquilizar a comunidade acadêmica da UFPE, a Reitoria informa que já estão sendo tomadas providências em relação às informações difundidas nas redes sociais sobre um possível ataque armado que estaria sendo tramado para ocorrer no Campus Recife. A Administração Central tomou conhecimento ontem (8), por volta das 23h, da ameaça e imediatamente acionou a Superintendência de Segurança Institucional (SSI) da Universidade, que já está trabalhando com as autoridades policiais – Polícia Federal, Polícia Militar e Secretaria de Defesa Social – na investigação do caso. Todo o material coletado pela UFPE na internet foi encaminhado pela SSI às autoridades.

 

A articulação do ataque surgiu em um grupo da deep web (parte da internet não acessível pelos mecanismos de busca e oculta do grande público) e prints da discussão passaram a circular nas redes sociais. O texto que está viralizando diz, inclusive, que uma tentativa do suposto atirador havia sido frustrada pela presença da Polícia Militar que faz rondas no campus. A SSI reforça, neste momento, a importância do trabalho integrado realizado na instituição com os órgãos de segurança pública, que funciona de forma preventiva. De acordo com a superintendência, a Polícia Federal e a Secretária de Defesa Social já estão monitorando o caso, o que também está sendo feito pela própria segurança da UFPE.




 

Ameaças em Sergipe

 

Um estudante do curso de engenharia de produção da Universidade Tiradentes (Unit) fez uma postagem nas redes sociais com supostas ameaças a professores e funcionários da instituição de ensino no Campus da Farolândia, em Sergipe. A Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE) confirmou que a polícia foi acionada, mas ainda está apurando a situação.

 

Diversos áudios, fotos e informações de alunos e funcionários da universidade estão circulando nas redes sociais sobre a suposta ameaça. O Portal Infonet conversou com um funcionário, que preferiu não se identificar, e confirmou a ocorrência.

 

Segundo ele, há orientação para que os estudantes não fiquem aglomerados nas áreas do mini-shopping e nem na biblioteca. Também circula a informação de que a família do jovem já foi acionada.

 

A Universidade Tiradentes informa, através de nota, que devido às mensagens com teor de ameaças, compartilhadas nas redes sociais, a instituição suspende as atividades do dia de hoje, 10, com o intuito de garantir a segurança de alunos e colaboradores. A nota diz ainda que as equipes de segurança estão tomando as devidas providências juntamente com os órgãos públicos competentes para a devida investigação. Leia abaixo:

 

Caso parecido em Alagoas

 

No último dia 23, a polícia foi acionada para averiguar uma possível ameaça de um dos alunos do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) da cidade de Satuba, na Região Metropolitana de Maceió, postada nas redes sociais. A mensagem feita pelo aluno foi um desenho com vários bonecos representando alunos da instituição e uma frase, interpretada por estudantes e pais como ameaça.

 

Na ocasião, a polícia informou que não houve confirmação de crime e a direção do Ifal comunicou que o aluno foi assistido por uma psicóloga.







4 pensamentos em “UNIT de Aracaju e Universidade Federal de Pernambuco são alvo de ameaças de ataque”

    1. Esse tipo de “desordem” não é novidade no Brasil e nem em outro país. Mas graças a Deus essas duas tentativas não deu certo.
      O Brasil não vai parar, pelo contrário, com leis mais duras, pacote anticrime sendo aprovado, muitas coisas só tem como melhorar.

      1. Vai sonhando. Agora com esse “escândalo” fabricado contra Moro e a Lava-jato será difícil aprovar qualquer pacote, na verdade o que a esquerda quer é justamente isso, destruir o Brasil. Tudo que está acontecendo é fruto dessa doutrina diabólica que cria intencionalmente, dia após dia, uma guerra entre as pessoas. Como bem disse o ídolo comunista Vladimir Lenin: “…Incitaremos o ódio de classes. Destruiremos sua base moral, a família e a espiritualidade….”. Todos contra todos. Salve-se quem puder.

  1. É esse o resulta da intolerância e do radicalismo. Jesus Cristo deixou apenas dois mandamentos: amai a Deus acima de tudo e ao teu próximo como a ti mesmo. Em nenhum momento ele pediu para perseguirmos quem quer que fosse, pois o julgo é de Deus não nosso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.