Seja bem vindo aos péssimos serviços da telefonia móvel em Paulo Afonso

Por Por Luiz Brito DRT 3019 - luizbritoradialista@gmail.com | 16 de Fevereiro de 2017 às 17:22

Em um mundo cada vez mais global e plano, apesar do forte crescimento do nacionalismo e das barreiras alfandegárias na Europa e nos Estados Unidos, ter um telefone que faz ligações com qualidade e internet digna não é luxo, é qualidade de vida.

 

Seja para trabalhar, para o lazer ou diversão, ter um smartphone é necessidade básica. E rede funcionando também. Mas por aqui, essa máxima nem sempre funciona. Aliás, pra ser sincero, tá sempre falhando.

 

Até lá, sigo reclamando. É meu direito.

5 pensamentos em “Seja bem vindo aos péssimos serviços da telefonia móvel em Paulo Afonso”

    1. Boa Tarde,

      Realmente a solução é reclamar, pena que demore tanto, mas garanto que se pegar todos os protocolos, data, hora outras possíveis informações, você pode entrar realmente no site da Anatel e realizar a sua reclamação e acompanhar, faça uma, duas, quantas vezes for necessário, não deixe cair no esquecimento ou até mesmo se acomodar com o problema, com isso você terá bons resultados.

  1. Meus caros amigos, é bem verdade que a telefonia móvel e internet da nossa cidade é uma porcaria, porém não é somente em Paulo Afonso, trabalho viajando por boa parte da bahia e lhes digo com certeza, dos péssimos serviços oferecidos nesse seguimento Paulo Afonso ainda tem um dos menos ruim… Quando passamos para o centro da Bahia é que você ver desgraça. Tem que mudar é em todo lugar e não somente em PA.

  2. tambem acho o mesmo serviço pessimo,e so fica ligando pra os usuario querendo que a pessoa mude de plano,conheço uma pessoa que caiu nessa coitada ta pagando pelo que nem e bom.

  3. Atualmente tenho que pagr 10 Reais por semana prá ter créditos, pois a cada 7 dias meus créditos são bloquedos, cadê o meu direito á 30 dias???? cadê a Anatel???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.