Poluição em Paulo Afonso: quase um terço do esgoto da cidade vai para o rio São Francisco

Situação ocorre na cidade de Paulo Afonso. Rio é um dos principais do país e segundo ecóloga os problemas de saneamento na cidade causam grandes impactos no rio.

Por Patrícia Barbosa e Felipe Pereira, TV São Francisco | 12 de Abril de 2019 às 18:45

Esgoto de Paulo Afonso é lançado no Rio São Francisco, próximo a ponto turístico de Paulo Afonso — Foto: Reprodução/TV São Francisco



 

 

Moradores de Paulo Afonso, no norte da Bahia, denunciaram que o esgoto da cidade está sendo lançado diretamente no Rio São Francisco. De acordo com especialistas, o município possui cerca de 63% de saneamento básico, enquanto o restante da água que não é tratada, cerca de um terço, é lançada no rio.

 

No centro de Paulo Afonso, onde é feita uma obra de cobertura de um canal, ainda é possível ver o esgoto sem nenhum tratamento ir em direção ao São Francisco. Situação semelhante ocorre próximo da ponte metálica Dom Pedro II, equipamento em metal que fica no belo cânion do Velho Chico e é um dos pontos turísticos da região.

 

Quando o esgoto não vai parar no rio, causa transtornos para a população. De acordo com a ecóloga Edvalda Aroucha, todos os problemas de saneamento em Paulo Afonso causam grandes impactos no rio São Francisco.

 

“Paulo Afonso só tem 63% do saneamento, e Glória [vizinha a Paulo Afonso] 65%. O restante impacta no rio, tanto nas comunidades urbanas quando as rurais. As comunidades do meio rural que não têm acesso à água tratada e toma água direta do rio, toma uma água poluída”, explicou Aroucha.

 

De acordo com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto na Bahia, Paulo Afonso possui 65,4% de cobertura do serviço de esgotamento sanitário. São quatro estações de tratamento de esgoto que têm a capacidade de tratar juntas cerca de 11 milhões de metros cúbicos de esgoto em um ano, mas que em 2018, não trataram nem três milhões de metros cúbicos de resíduos.




 

Águas do Rio São Francisco misturadas ao esgoto de Paulo Afonso, no norte da Bahia — Foto: Reprodução/TV São Francisco

Conforme informou a Secretaria de Meio Ambiente, a Embasa parou de investir em Paulo Afonso, pois há cerca de um ano a prefeitura tenta resolver um impasse com a empresa, depois que o contrato de concessão acabou.

 

Enquanto o problema não é resolvido, o esgoto no bairro Siriema toma conta de uma grande área. No condomínio Pedra Comprida, por exemplo, os moradores reclamam do mau cheiro e mosquitos o tempo todo.

 

Mesmo com tantos problemas, a comunidade ainda paga caro pela taxa de esgoto. Segundo a dona de casa Maria Evanice Silva, quase metade do valor das despesas é com a água. “A gente paga um absurdo na água, na taxa do esgoto e passa por isso”, falou.

 

Além dos problemas de canais abertos, um que foi fechado continua dando dor de cabeça para os moradores do bairro Jardim Bahia.

 

“Nunca vieram fazer manutenção nenhuma nesse esgoto. É assim, o mau cheiro direto. Cai tudo no rio. Em outra rua, aí por trás, um cano de 150 joga esgoto para o rio”, relatou o pedreiro José Edinaldo.







14 pensamentos em “Poluição em Paulo Afonso: quase um terço do esgoto da cidade vai para o rio São Francisco”

  1. E a estação elevatória está impedindo as aguas da chuva passarem e alagando as casa na travessa dos Prazeres, é tanto que o muro caiu durante a chuva, em seguida baixou o nivel da água.

    1. Derrubem essa merda, a embasa não está nem ai… ou vcs se reúnem e reabrem o canal ou vão perder tudo com as chuvas, lembrem que o período de chuvas está por vir.

  2. Essas denúncias todas já haviam sido feitas pelo vereador Mário Galinho! Isso é resposta às denúncias dele! Parabéns ao vereador, único representante do povo dessa cidade e futuro prefeito com fé em Deus!

  3. Tudo enganação com istorinhas para boi dormir.
    Água tratada tenho minhas dúvidas, pena que na cidade quem pode não faz e quem pode fazer se omite. Quem poderia sempre ao menos duas vezes por mês sem dar o dia correto a prefeitura de uma mesma torneira em final de linha tirar uma amostra de água e mandar analizar a qualidade? Quem entendeu? Isso mesmo.

    Outra, a captação de esgoto para tratamento, uma farsa, pois há dúvidas que está empresa EMBASA trate a água de esgoto para fazer o descarte no rio. Tenho dúvidas pois tudo isso é fruto da cobrança de taxa de esgoto mais tratamento oh, nadinha.

    1. Essa história de que foi feito pela EMBASA o tratamento de água é, conversa pra boi dormir e como deixam o esgoto das casa no entorno do canal ser jogado todos os dias no RIO SÃO FRANCISCO ? E passa as autoridades vendo tudo isso e não tomam providências…E todos matando o rio,e a embasa só recebendo o dinheiro e não fazem para amenizar esse assassinato do nosso bem maior

    2. Saite da rádio Bahia nordeste.
      “Imagine você abre a torneira de sua casa para lavar as mãos, ou o chuveiro para tomar um banho, e se deparar com uma água extremamente suja, e de cor amarelada. É exatamente isso que vem acontecendo nas torneiras das casas de algumas residências do Povoado Salgadinho, área rural de Paulo Afonso.

      A imagen foi publicada pela moradora revoltado com a situação da água. Compartilhada no Facebook, diversos moradores chegaram a comentar, e se mostraram indignados com a Embasa.”

  4. Esqueci de lhe falar, cartas já não adiantam mais, quero ouvir a sua voz, vou lhe telefonar dizendo que o Galinho está com saudades do secretário de esportes, cultura e lazer ir até a câmara para dar explicações sobre a derrama deste quase 6 milhões anuais para realmente onde vão.

    Por lei, convocado o secretário a ir até a câmara quando convocado e não o faz, o gestor poderá ser processado por improbidade administrativa. É a Lei.

  5. É uma pena o nosso rio São Francisco está nessa situação! Absurdo também é pagar uma taxa de esgoto tão cara que não cale de nada. Aqui na rua lago horizonte a embasa quebrou minha calçada a procura de uma caixa de esgoto não encontraram e deixou a minha calçada quebrada e nunca voltou nem para fazer a bendita caixa, nem para fazer o conserto. No bairro depous dessa chuva corre esgoto pela rua, e varios canos quebrados um mal cheiro danado.

  6. Parece que tem gente recebendo PROPINA da EMBASA porque nós pagamos 80% taxa de esgoto, isso é meter a mão no nosso bolso e ninguém toma providencias cadê as autoridades dessa ZORRA . . . !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.