PC confirma autoria e motivação do assassinato de Jailson: “Não concordava com o namoro de sua filha”

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 13 de agosto de 2019 às 22:08




 

Jailson Lima da Silva, 36 anos. Foto: Facebook

A delegada regional da Polícia Civil de Paulo Afonso, Mirela Santana, divulgou na noite desta terça-feira (13), detalhes do crime que resultou na morte de Jailson Lima da Silva, 36 anos, ontem à noite (12), no Bairro Tancredo Neves (BTN 2).

 

Para a polícia civil, o jovem de 18 anos identificado pelo nome de Jeferson Araújo Sena, é o  autor do crime, “Comprovada autoria do crime, foi interrogado o autor do homicídio”. Na descrição da ocorrência diz que Jeferson negou ter praticado o crime.

 

Ainda segundo o relato apresentado pela delegada, o acusado foi preso poucas horas após supostamente cometer o crime. “Poucas horas depois do crime a polícia militar apresentou nesta delegacia a pessoa de Jefferson de Araújo Sena como suspeito da prática do homicídio. Que a Equipe da PC averiguou o aparelho celular de Jeferson e realizou diligências para obter filmagens do local do crime, oitiva da CB/PM que também fez diligências ouvindo testemunha.”

 

A polícia civil informou ainda, “que a vítima estava bebendo e comemorando seu aniversário e foi ao encontro de sua esposa em sua confeitaria, que a vítima ao parar sua motocicleta e descer na mesma, falou com sua esposa, que neste momento aproximou-se um indivíduo numa bicicleta de cor branca efetuando cinco disparos de arma de fogo e empreendeu fuga com ajuda de outro indivíduo em uma motocicleta de cor preta.”

 

A ocorrência é finalizada com a seguinte declaração: “Comprovada autoria do crime, foi interrogado o autor do homicídio, Jefferson de Araújo Sena, o qual negou a prática do homicídio. Motivação: a vítima não concordava com o namoro de sua filha com o autor do homicídio.”




 

Jefferson de Araújo Sena, 18 anos, negou na delegacia a prática do homicídio. Foto: Facebook

Veja abaixo, a íntegra da ocorrência da Polícia Civil de Paulo Afonso:

 

18ª COORPIN

 

Homicídio consumado em Paulo Afonso

 

🔹Data e horário: 12/08/2019 às 20h40.
🔹Local: Em frente à escola Rivadalva de Carvalho, BTN II, PA.

 

🔹Vítima: Jailson Lima da Silva,36 anos

 

🔹Histórico: Chegou informação por meio do Cicom de uma vítima de disparos de arma de fogo. Que a polícia civil , juntamente com o delegado de plantão e investigadores , com a presença da perícia dirigiu-se até o local do crime.  Que a vítima estava bebendo e comemorando seu aniversário, que posteriormente foi ao encontro de sua esposa em sua confeitaria, que a vítima ao parar sua motocicleta e descer na mesma, falou com sua esposa, que neste momento aproximou-se um indivíduo numa bicicleta de cor branca efetuando cinco disparos de arma de fogo e empreendeu fuga com ajuda de outro indivíduo em uma motocicleta de cor preta.  Que o autor dos disparos usava uma blusa tipo moleton de cor preta. Que poucas horas depois do crime a polícia militar apresentou nesta delegacia a pessoa de Jefferson de Araújo Sena como suspeito da prática do homicídio. Que a Equipe da PC averiguou o aparelho celular de Jeferson e realizou diligências para obter filmagens do local do crime, oitiva da CB/PM que tb fez diligências ouvindo testemunha. Comprovada autoria do crime, foi interrogado o autor do homicídio, Jefferson de Araújo Sena, o qual negou a prática do homicídio.

 

🔹Autoria: Jeferson de Araújo Sena, 18 anos

 

🔹Motivação: a vítima não concordava com o namoro de sua filha com o autor do homicídio.




 

14 pensamentos em “PC confirma autoria e motivação do assassinato de Jailson: “Não concordava com o namoro de sua filha””

  1. Está aí porque o pai não queria que a filha namorasse …
    Boa parte dos filhos não dão a mínima para os pais quando recebem uma negativa de algo por algum relacionamento duvidoso ou suspeito.

  2. Tantos jovens e a menina e se houver com esse cara se o pai não queria é porque tinha conhecimento de alguma coisa sobre esse assassino o pai sempre que o melhor para os filhos ficou provado que ele tinha razão agora esse tem que ficar preso por muitos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.