Paulo Afonso perde para quase todos os municípios da região na geração de empregos, diz Caged

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 24 de dezembro de 2019 às 20:15

Centro de Paulo Afonso, Bahia. Foto: Divulgação.



 

 

De acordo com o Ministério do Trabalho, por meio de dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a cidade de Paulo Afonso registrou saldo negativo na geração de empregos, entre os meses de janeiro a novembro de 2019

 

Comparando com o mesmo período do ano passado, quando obteve um saldo positivo de 60 empregos, Paulo Afonso também ficou no vermelho. Os números do Caged mostram que até o momento o município está com saldo negativo de 9.

 

De acordo com consulta feita pelo portal PA4 em 14 cidades da região nordeste da Bahia, Paulo Afonso perdeu para 13 ficando na penúltima colocação.

 

Veja ranking abaixo (janeiro a novembro de 2019):
1º – Ribeira do Pombal  (+184) 

2º – Jeremoabo (+89)

3º – Abaré (+69)

4º – Cícero Dantas (+63)

5º – Antas (+22)

6º – Canudos (+18)

7º – Rodelas  (+9)

8º – Chorrochó (+3)

9º – Santa Brígida (+2)

10º – Pedro Alexandre (-1)

11º – Macururé (-3)

12º – Glória (-7)

13º – Paulo Afonso (-9)

14º – Cel João Sá – (-10)

 

O relatório do Caged é divulgado mensalmente pelo Ministério da Economia/Trabalho. O saldo de geração de empregos formais corresponde à diferença entre demissões e admissões, e por analisar dados do mercado formal e setor de atividade econômica (com ajuste).

 

Confira dados do Caged nos municípios AQUI.

 

Notícias relacionadas:

Paulo Afonso registra o pior saldo de emprego dos últimos 10 anos

Paulo Afonso registra sucessivas quedas em vagas de emprego; Jeremoabo tem saldo melhor

 









44 pensamentos em “Paulo Afonso perde para quase todos os municípios da região na geração de empregos, diz Caged”

    1. Concordo com voce, veja que Luiz de Deus demitiu varios familiares de vereadores porque os mesmos nao estavam lendo a mesma cartilha do prefeito, independente de partido todos os politicos depois de eleitos empregam todos os seus familiares e alguns puxa saco, vejam que o prefeito nomeou a esposa de paulo de Deus, o vice prefeito é seu genro o Celso Brito quando vereador era oposicao a Luiz agora somente porque o filho namora a neta de Luiz ele vai se cadidatar a vereador para apoiar Luiz de Deus…………Paulo Afonso anda pra tras faz muito tempo. o emprego que tem na cidade é mototaxi, verdedor de pipoca, vendedor de picole , acaraje, cu de canna…..etc.

  1. PAULO AFONSO CENZALA DE ESGRAVOS DES DE AGOSTO DE 1993
    ONDE TRABALHADOR SÓ RECEBE DE 2 EM 2 MESES,
    PORQUE OS PATRÕES VIVEM DESPERDIÇANDO DINHEIRO EM FESTAS E LUXÚRIA,
    ALEM DE PAGAR PROPINA PRÁ A JUSTIÇA NÃO CONFISCAR SEUS BENS POR DÍVIDAS TRABALHISTAS.
    É LÓGICO QUE NENHUM PIÃO QUER SE HUMILHADO NAS CENZALAS DE PAULO AFONSO-BA,
    É MELHOR IR EMBORA PRÁ O TRECHO.

  2. Isso não é nada comparada a família desse prefeito imoral que ganha r$ 33 mil reais e toda a família está empregada mamando nas tetas inclusive noras. Sobrinhas. Netas. Nora da Nora. Esposo da Nora. E certos amiguinhos. VAMOS TER QUE ATURAR MAIS 4 ANOS ?????

  3. É lamentável essa situação em nossa cidade,os governantes que escolhemos como o nosso representante da nossa cidade infelizmente deixa a deseja,e se tem alguma obra em Paulo Afonso para fazer a mmaioria das empresas contratar de fora,desmerecendo os profissionais que existem em nossa cidade.

  4. saldo positivo de 60 empregos. Isto é uma vergonha pra uma cidade com mais de 120 mil habitantes. Por isso que a quase 20 anos mora fora de P.A, infelizmente porque amo minha cidade.

  5. pois é, se era ruim,ficou pior tem pais de família com 2 crianças pequena e desempregado há mais de dois anos,tenho dó fora outros isso é muito desesperador

  6. Muitos desempregados de nossa cidade,estão pagando pelos seus próprios erros,quando os empregos tinha no Brasil pra escolher,o que a piaozada no trecho fazia?greve tacava fogo nos alojamentos,sim que a matéria fala em emprego em Paulo Afonso,mais muitos aí estão nessa situação por que querem

  7. Luís, seu Luís, prefeito, Dr. Luís quantos nomes ser chamado e vereadores, que na verdade eu teria vergonha e passaria a ser invisível, aos homens, pq pra Deus vcs prestaråo suas contas. O que feziste vcs para a população? Vcs conseguem dormir? Esse Natal para MTS que faltou na mesa com suas gestão mal administrada , vcs queriam? Tenham empatia, troquem suas vidas por um deles. Experimente. Estarei sentada na praça assistindo vcs sendo sequer “sentindo na pele” os seus espetáculos.

  8. Gente…
    Brasileiro te que por isso na mente(politico não gere emprego) quem gera emprego é o empresario…temos que ter um país com menas burocracias..com mais incentivos para o empresario…vejam Paulo Afonso, cidade linda..mas morta por dentro…não tem uma industria…onde temos nosso vizinho,Sergipe, que tem varias. Ai você diz, Paulo Afonso é muito distante dos grandes centros…distante mesmo é o sul do país que manda tudo que produz para o nordeste…mais um ano politico vai vim mais políticos com falar de gerar emprego(emprego de consumo da era PT)emprego de obras…para terem oportunidades desviar grandes valores…temos que valorizar o empresario…esse sim é batalhador…para sobre viver em um país desse…

  9. É lamentável essa cidade, aqui as poucas escolhas que se tem é pular da ponte ou fazer 300 currículos que serão jogados no lixo pelas empresas, é triste e deplorável, eu não quero mais ficar aqui.

  10. O Povo fala demais, seria mais facil entender a situação em cada cidade ou capital , se cada um saísse do seu hábitat com sua fsmilia mundo à fora,a procura de melhoras, saberia valorizar aquilo que deixou pra traz. Não é culpa de governo de prefeito nada de ruim que acontece, é a própria geração que cresce cada segundo sem noção do que os próprios estão fazendo , Voltar para traz nunca mais, pois são incapaz de acreditar no seus próprios EUS.

  11. A cidade do QI – quem indicou. Infelizmente, a mais desempregados e pessoas na informalidade do que se vê. Deixei currículo em um estabelecimento e a proprietária virou o rosto com cara de nojo falando pra funcionária pegar. Quanta humilhação.

  12. Recentemente postei um comentario a respeito do assunto em pauta, não tem como gerar emprego, o consumidor de cidades, povoados bairros afastados deixaram de vir ao comercio de paulo e o motivo todo mundo sabe, falta de estacionamento e desorganização no trânsito da cidade e quem perde com essa ausência do cliente são todos os segmentos do comercio e por esse motivo não se gera emprego, o primeiro passo seria implantar ZONA AZUL no centro comercial, citei como exemplo a cidade de Arcoverde PE com 78 mil habitantes que tornou-se referencia em qualidade em trânsito, cujo modelo é um dos mais modernos do pais. MEDIDAS DE EMERGENCIA SERIAM; MUDAR O ESTACIONAMENTO DA RUA SÃO FRANCISCO DE HORIZONTAL PARA VERTICA, MUDAR A ROTA DO ÕNIBUS PARA A 31 DE MARCO COM PARADA FINAL AO LADO DO BOM PREÇO, ABRIR UMA VIA EM FRENTE A ANTIGA CÃMARA DE VEREADORES, FAZENDO ISSO AUMENTARIA A OFERTA DE ESTACIONAMENTOS. A PREFEITURA, ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, CDL, ENTIDADES DE CLASSE E COMERCIANTES DEVERIAM SE REUNIREM, COM CERTEZA ENCONTRARÃO MUITO MAIS OPÇÕES PARA TRAZER DE VOLTA O CLIENTE QUE, POR FALTA DE OPÇÃO TA EFETUANDO SUAS COMPRAS VIA INTERNET.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.