Paulo Afonso: Mulher que teve 60% do corpo queimado por companheiro morre após 38 dias internada

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 16 de Maio de 2019 às 15:59

Katelania Nascimento – Foto: Reprodução/Faceboo/PA4.COM.BR



 

 

A delegada regional de Paulo Afonso, Mirela Santana, confirmou ao portal PA4.COM.BR, a morte de Katelania Raine do Nascimento Monteiro, 30 anos. Ela estava internada há 38 dias, 37 deles no Hospital Regional de Juazeiro, num setor especializado em  tratamento de queimaduras. Agora à tarde, ela não resistiu ao longo tratamento e veio a óbito.

 

Na madrugada do dia 9 de abril de 2019, Katelaine teve 60% do corpo queimado pelo próprio companheiro José Ronnie Wanderson Aguiar, 45, mais conhecido como “Simidão”, ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar de Paulo Afonso algumas horas após o crime.

 

Segundo a polícia, após um desentendimento do casal, “Simidão” teria jogado álcool em Katelania e depois ateado fogo. O caso aconteceu por volta das 2:40, na Rua José Teixeira, Bairro Centenário, em Paulo Afonso, BA. “Simidão” é velho conhecido da polícia com várias passagens na delegacia, e diversos tipos de crimes, inclusive por violência contra mulher.

 




 

Amigos foram pegos de surpresa com a notícia da morte de Katelania na tarde de hoje, uma vez que na última segunda-feira (13), sua mãe, Fátima Nascimento, publicou em sua página no facebook, uma foto antiga da filha ao lado do neto, com as frases “muito triste” e “milha filha que saudade de você”, assustados alguns seguidores logo a questionaram sobre a saúde de Katelania, mas ela havia respondido que a filha estava melhorando. Veja abaixo:

 

Reprodução Facebook

 

O local do velório e o horário do sepultamento ainda não foram divulgados.

 

Notícia relacionada: Paulo Afonso: Mulher queimada pelo companheiro é transferida para Juazeiro (Imagens fortes)

 

“Simidão” foi preso em flagrante após atear fogo em Katelania no dia 9 de abril: Foto: 20º Batalhão da PM-BA.






10 pensamentos em “Paulo Afonso: Mulher que teve 60% do corpo queimado por companheiro morre após 38 dias internada”

  1. Em dois dias, duas vítimas de feminicidio, duas mulheres mortas por pessoas da sua família, pessoas que amavam e se doaram tanto. Meu Deus, não foram mortas por estranhos, desconhecidos, não foram mortas nas ruas, mas nos seus lares. Muito consternados estamos todos. Deus dê o descanso eterno a essas mulheres.

  2. Querem saber de uma coisa? Levem 1l de álcool e entreguem ao chefe da galeria onde o famigerado tá preso. Ele tá necessitando urgentemente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.