Mulheres se estapeiam e arrancam cabelos em frente à Delegacia de Polícia de Paulo Afonso (Vídeo)

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 12 de Fevereiro de 2019 às 3:01




 

 

Na noite de ontem (11), um leitor do portal PA4.COM.BR enviou um vídeo mostrando duas mulheres se estapeando às margens da rodovia BA-210, bem em frente à Delegaciade Polícia de Paulo Afonso (BA).

 

Nas imagens é possível ver as mulheres no chão puxando o cabelo  uma da outra e quase invadindo a pista. A confusão chamou a atenção de quem circulava pelo local.  Condutores de carros e motocicletas passavam lentamente pela rodovia observando a cena.

 

Algumas pessoas próximas  ao local gritavam: “Arrocha o nó!”, “Acunha!”. Uma mulher que também estava no local perguntava: “Não tem ninguém que possa separar?”.

 

Ao final da filmagem, três policiais militares se aproximam das mulheres e separam a briga. Não há informações sobre o motivo da confusão.

 

 

 







15 pensamentos em “Mulheres se estapeiam e arrancam cabelos em frente à Delegacia de Polícia de Paulo Afonso (Vídeo)”

  1. Lamentável um site de notícias como esse divulgar esse tipo de baixaria, deixando acessível a crianças essa violência. Não bastasse as redes sociais pra propagar baixarias, até a imprensa oficial também repete esses erros?

    1. Primeiro a filmagem é muito RUIM, o cara que tava filmando não acertava nem o alvo kkkkkk… Segundo coisas muitos piores você ver em TELEVISÃO, CANAL ABERTO, Garanto que seus filhos ver coisas muitos piores na TV, INTERNET, esquenta não cara!

      1. Meu caro, eu sei disso. Por isso que temos que dar exemplo me não propagar esse tipo de notícia. Poderia ser uma parente sua. Já imaginou esse tio de divulgação?

  2. as pessoas que estava ao redor são piores que elas não tem uma pessoa para apartar coisa de mundiça mesmo mais esperar o que quando o povo mete a boca no BTN eles acham ruim olha ai o exemplo que vcs dão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.