Idosa de 85 anos morre e filho mora com cadáver por quatro meses

Caso ocorreu na China

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM VARELA NOTÍCIAS | 16 de Maio de 2019 às 2:27

Foto: Reprodução/ R7



 

 

Um homem chocou a China após morar com o cadáver da própria mãe por quatro meses, em Tangkak. A idosa tinha 85 anos.

 

Descoberto pelas autoridades chinesas, o homem justificou que estava com medo de ser preso, e que por isso escondeu o corpo da mãe, que morreu de causas naturais. Ele contou que a idosa perdeu a consciência durante uma refeição, no dia 13 de janeiro.

 

Após a mãe falecer, ele conferia sua situação todos os dias. Porém, quando o corpo começou a expelir fortes odores, o homem fechou todas as portas e janelas da casa para que ninguém suspeitasse do ocorrido. Depois de muita insistência, um primo conseguiu entrar na casa e o caso chegou as autoridades.

 

O corpo da idosa foi levado para investigações. Já que nenhum sinal de violência foi detectado, o homem não foi preso. O filho foi o único presente no funeral da mulher.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.