Idelfonso e a Casa dos Ciclistas, há 30 anos restaurando bicicletas, sonhos e memórias em Paulo Afonso

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM A COLABORAÇÃO DE LUIZ NETO | 22 de novembro de 2018 às 21:29




 

 

Trabalhos de restauração feitos na Casa dos Ciclistas, de propriedade de Idelfonso, têm chamado a atenção de amantes de bikes da região.

 

Basta passar na frente da loja de bicicleta, próximo à praça libanesa no centro de Paulo Afonso, que certamente Idelfonso, e seus ajudantes Ueslei e Clebson, estarão trabalhando entre rodas, bancos, quadros, pedais.

 

A paixão por bicicletas atingiu Idelfonso quando ele tinha 16 anos, em 1972, e esse gosto ele passa para todos na restauração das mais diversas bicicletas que aparecem por ali. “Eu comprei uma bicicleta antiga e comecei a desmontá-la. Aí, não parei mais. Peguei paixão por elas e comecei a pintar bicicletas”, relembra Idelfonso.

 

Os serviços de restauração têm sido procurados por pessoas de Paulo Afonso e de outras cidades. O fato pode ser comprovado pelas peças e bicicletas espalhadas pela loja.

 

Na foto a equipe apresenta bicicletas que acabaram de ser restauradas e estavam para ser entregues: uma Brasiliana ano 1964, uma Monark Monareta ano 1977 e uma Caloi Cecizinha da década de 1980. Os restauradores já perderam a conta de quantas magrelas já foram reformadas e restauradas.

 

Idelfonso no seu estabelecimento. “CASA DOS CICLISTAS”

Muitas das bicicletas antigas chegam em situação precária à Restauração. Primeiro, elas são desmontadas, alinhadas e depois vão ser pintadas. O trabalho com as bicicletas antigas atende a colecionadores e a pessoas que usam a magrela no dia a dia.

 

Uma das maiores alegrias de Idelfonso é entregar a bicicleta reformada ao seu dono. “Quando o cliente chega, vira amigo. Vê-lo feliz por pegar a bicicleta pronta dá mais prazer ainda na gente”, afirma Idelfonso. “Para mim, isso aqui é uma diversão e não trabalho. Tenho paixão por isso aqui”, enfatizou.

 

Início, em 1971, Idelfonso começou a trabalhar com bicicletas para ajudar a família, e começou  arrumando bicicletas, novas (para a época) e antigas. “Mas a especialização em bicicletas antigas começou de 1996 para cá”, revela o restaurador. O aperfeiçoamento veio pela prática e a fama de restauração começou a crescer, levando seu nome para além dos limites de Paulo Afonso.

 

Idelsonso, Isaias (DJ’Jhubby), Giuliano Ribeiro e Igor Gnomo. Foto: Facebook

 

 

15 pensamentos em “Idelfonso e a Casa dos Ciclistas, há 30 anos restaurando bicicletas, sonhos e memórias em Paulo Afonso”

  1. MEU AMIGO DE INFÂNCIA DEL. VOCÊ MERECE SER CONTEMPLADO COM UMA MATÉRIA SOBRE A SUA TRAJETÓRIA DE LUTA, TRABALHO E VIDA. PARABÉNS AO SITE, QUE TEVE A IDÉIA DE COLOCAR NA SUA PAUTA O RECONHECIMENTO DESSE CIDADÃO PAULAFONSINO DE CARÁTER EXCEPCIONAL.

  2. Esse eu aprovo, tenho uma barra circular ano 1971 vermelha, adivinhem quem restaurou?
    Ele mesmo, Idelfonso Casagrande (como eu o chamo) da CASA DOS CILCISTAS!

  3. Bicicros dos anos 90 as Bike JNA que no tempo eram as melhores nós compravamos com delfonso, tempo bom, Isaías Wendel, Edson “quilombo” irmão de Isaías entre outros, era o pointer dos ciclistas que tempo bom, merecida homenagem a um Homem de caráter e respeito, um abraço a todos da família, Rodrigo da Marieta Ferraz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.