Dr. Luiz Neto: Governo quer fim de carteirinha de estudante da UNE

Medida provisória criará documento digital

Por Comercial PA4.com.br | 9 de setembro de 2019 às 21:23




 

 

O presidente Jair Bolsonaro alfinetou integrantes do PCdoB ao falar sobre a edição de uma medida provisória, que criará a carteira digital de estudantes.

 

Em entrevista em Brasília, ele afirmou que não será mais preciso pagar a taxa para entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE), tradicionalmente comandada pela Juventude do PCdoB.

 

Ele deve assinar nestes dias a MP da Liberdade Estudantil, como a medida foi batizada. O presidente disse que vai facilitar a vida dos estudantes. Que os estudantes não vão ter que pagar mais pela carteira.

 

Hoje, a emissão do documento é de responsabilidade das entidades estudantis. Com base na lei federal nº 12.933, de dezembro de 2013, o documento garante aos estudantes o direito à meia-entrada em cinemas, shows e teatros.

 

Dr. Luiz Neto.

Em nota, a UNE disse que a criação da carteira digital é uma ação autoritária do governo Bolsonaro, que tem o real objetivo de atacar as entidades estudantis.

 

Segundo Iago Montalvão, presidente da UNE, trata-se de uma retaliação política às entidades que organizaram manifestações contrárias às medidas do governo que estão afetando a educação.

 

A discussão já está no STF. Em dezembro de 2015, o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, concedeu uma liminar para desobrigar as entidades de ensino a se filiar a associações como a UNE para emitir carteiras de identificação de estudantes.

 

Em abril de 2016, a decisão foi reconsiderada parcialmente pelo próprio Toffoli, que manteve a eficácia de trecho da lei que trata sobre as entidades legitimadas a padronizar a emissão do documento.

 

*JOSÉ LUIZ NETO. É advogado Do Escritório

Luiz Neto Advogados Associados

www.luiznetoadv.com.br / advluizneto@gmail.com

Fonte: Agência Brasil.




 

6 pensamentos em “Dr. Luiz Neto: Governo quer fim de carteirinha de estudante da UNE”

  1. Medida acertada. A UNE há muito deixou de representar os estudantes. É praticamente um para-partido de esquerda, cuja pauta é do interesse dos partidos de esquerda.

  2. O governo enfraqueceu a classe trabalhadora dando total autonomia para os empresários pisarem em seus empregados e agora enfraquecendo a classe estudantil para que não tenham apoio a quaisquer reivindicação. A ditadura está se iniciando lentamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.