Bispo Dom Guido Zendron receberá título de cidadania pauloafonsina nesta segunda (20)

Por Assessoria de Comunicação (CMPA) | 16 de Maio de 2019 às 17:43

Vereador Marconi Daniel e Dom Guido Zedron. Foto: Reprodução



 

 

O bispo diocesano, Dom Guido Zendron, receberá o título de cidadania pauloafonsina, conferido pela Câmara Municipal de Paulo Afonso. A homenagem foi proposta pelo vereador Marconi Daniel Melo Alencar (PHS). A solenidade será realizada na segunda-feira (20), a partir das 09h, no plenário da Câmara.

 

“Será uma honra homenagear uma pessoa que tanto fez e faz por nossa cidade e por nosso Estado. Dom Guido é um presente que Paulo Afonso recebeu e esse título é mais que merecido. Rogamos a Deus que continue abençoando sua missão pastoral”, comenta a vereador Marconi Daniel.

 

Dom Guido Zendron, nasceu em Trento, em 7 de março de 1954. Fez os estudos primários e secundário no seminário de Trento, sendo ordenado sacerdote no dia 26 de junho de 1978 e incardinado na sua arquidiocese natal.

 

Pertencendo ao clero da arquidiocese de Trento (Itália), desde 1994 quando chegou ao Brasil servia à Igreja na Arquidiocese de Salvador, como sacerdote fidei donum, onde desenvolveu várias funções, desde reitor do Santuário Nossa Senhora Educadora até vigário e pároco, diretor espiritual da Faculdade Social da Bahia, coordenador de catequese, entre outras funções.

 

No dia 12 de março de 2008 Bento XVI o nomeou bispo titular da então vacante diocese de Paulo Afonso.







20 pensamentos em “Bispo Dom Guido Zendron receberá título de cidadania pauloafonsina nesta segunda (20)”

  1. E tome título de cidadão. Essa foi a Câmara mais puxa saco e submissa que já vimos. Aproveite vereador babão já que votou a favor da EMBASA e dê também um título de cidadão ao gerente da EMBASA. Já que é ele é da Paraíba. Boa não vamos esquecer os que não deram esse presente de 80%.

    1. Concordo com você, vamos colocar na nossa agenda e na próxima eleição vamos alertar a popuacao relembrando esses trairas do povo, vamos fazer campanha contra eles. nas mídias sociais.

  2. A população tem a obrigação de tirar esse da política ano que vem. Por tudo que ele já fez de ruim e tido mal que pro ficou a pais de família com suas fofocas. Lembrando que agora tá fácil e8 si gravar o que ele prometer ou dar como fez na última. Desta vez não escapa.

  3. Vereadores deixem de se preocupar com besteiras de tanta moção de aplausos e títulos de cidadãos só sabem baba ovo e fazerem isso. Votamos em vcs para ver vcs defenderem projetos e ações que beneficiem o povo. To CHEIO de oportunistas barato. Próxima eleição tá chegando.

  4. Muita obscuridade nos procedimentos para ser cidadão em Paulo Afonso.
    Cidadão paulafonsino é a pessoa que nasce nesta cidade e tem registro civil de nascimento nela, os demais que são convidados da sociedade e são bem vindos se vierem com boas intenções e também os que querem ficar famílias por aqui.

    Títulos e mais títulos só leva esta câmara a inércia para encobrir os assuntos de relevância de nossa cidade como se diz no ditado, ” JOGAR O LIXO EMBAIXO DO TAPETE”.

    Esta câmara tem que rever seus conceitos para não ficar dando títulos na obscuridade.

  5. Merecida a homenagem, pela sua exatidão em ajudar ao próximo e aos grandiosos serviços prestados ao povo de Paulo Afonso e de toda Região que abrange a Diocese. Parabéns Dom Guido Zendron e a toda comunidade Religiosa. Valeu Vereador Marconi Daniel, pela justíssima homenagem. Forte abraço Tino Almeida.

  6. Nosso título deve ser “ETERNAMENTE DOM MÁRIO ZANETTA!”.
    Homem dos pobres!
    Homem de fé!
    Homem que se relacionou com todos sem fazer acepção, voltando seu olhar para a vida.
    Homem que combateu o crime organizado!
    Homem que foi grande construtor e idealizador desta diocese que, o pouco ainda existente é fruto de sua presença!

    O que este bispo atual fez?
    *Entregar terrenos a empresa dos italianos, despejando inúmeras famílias.
    *Vender patrimônios da diocese sem saber pra onde foi estes recursos.
    *Expulsar e criar meios para a saída de muitos padres da diocese.
    *Não sabe o que quer com a igreja.
    * A próxima vítima será a Editora Fonte Viva…

  7. Senhores vereadores. Cancelem esse título. O que esse homem fez por Paulo Afonso? Vocês vão desmerecer pessoas que verdadeiramente receberam por merecer o título de cidadão da nossa cidade.

  8. VEJAM ESTA NOTÍCIA ABAIXO:

    Padre diz que bens de bispo são incompatíveis com vida religiosa e fiéis comentam renúncia em Limeira
    Bispo dom Vilson Dias de Oliveira renunciou nesta sexta-feira da Diocese de Limeira. Arcebispo de Aparecida (SP) assumiu administração e disse que Oliveira ainda pode celebrar missas.

    Estão por fora deste bispo, igualzinho ao que foi afastado pelo papa lá no interior de São Paulo, LIMEIRA.

    O daqui promove venda também imóveis da diocese, …. sobre seu conduzir administrativo das coisas do Vaticano. Perguntem ao P. Marcus.

  9. Vereador Marcondes Daniel, gostaria que você desse o título de cidadão Pauloafonsino ao finado Manoel Barrão, conhecido também como Manoel da perna torada. Esse sim , merece, chegou P.A no início da década de cinquenta, morreu e até hoje os vereadores hipócritas de P.A não lembraram de o homenagear. CAMARA DA VERGONHA! Com algumas exercões.

  10. ESSA PALHAÇADA DOS VEREADORES EM FICAR DANDO TITULO DE CIDADÃO A QUALQUER UM, É SIMPLESMENTE PARA NAS ELEIÇÕES GANHAR O APOIO E O VOTO DO AGRAÇIADO.O QUE FEZ ESSE BISPO, PRA GANHAR ESSA HOMENAGEM, E TANTOS OUTROS. É UMA HIPOCRISIA MUITO GRANDE. MINHAS FILHAS MORAM NO RECIFE, E FICARAM BESTAS , QUANDO ESSE MARCONDE DANILE SE ELEGEU. REALMENTE , NÃO PASSA DE UM BABÃO DO PREFEITO. DÁ NOJO QUANDO ESSE MOCINHO USA A PALAVRA NA CAMARA. MARCONE DANIEL, SÓ MESMO UM IDIOTA PRA VOTAR EM UMA PESSOA COMO TÚ. O ELEITOR tÁ BOM DE DEIXAR DE SER BESTA, E NÃO SE VENDER. CUIDADO, SEU PADRINHO ANILTON, NÃO É O PREFEITO MAIS NÃO, E TODOS SABEM QUE O VELHO LUIZ, NÃO CONFIA EM VOCÊ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.