Após cortes no orçamento, UFAL e IFAL podem fechar as portas

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BRCOM TNH1 | 4 de Maio de 2019 às 18:13




 

 

O corte de verbas de custeio e capital anunciado pelo Governo Federal nesta semana tem preocupado os gestores das instituições federais de Alagoas. Segundo os reitores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), a decisão inviabiliza o funcionamento das instituições, que podem até fechar as portas antes do final do ano.

 

De acordo com o reitor do Ifal, Sérgio Teixeira, o corte foi de quase R$ 23 milhões. “São pagamentos de bolsas de pesquisa, extensão, ensino, custeio de limpeza, terceirizados, manutenção, vigilância, gasolina do veículo que leva alunos em visitas técnicas, energia, água… É o funcionar da instituição. Estão sendo cortados 37% desse custeio, que é o dia a dia da instituição”, explicou.

 

Valéria Correia, reitora da Ufal, demonstrou perplexidade com os cortes, e disse que os caminhos a serem trilhados ainda serão definidos. “A Universidade Federal de Alagoas tem 58 anos de existência. É uma instituição que forma gerações de alagoanos, um patrimônio. Estamos ainda atônitos com essa notícia e pensando no que vamos fazer”, afirmou a gestora.

 

De acordo com as informações apuradas pela equipe de reportagem da TV Pajuçara com as instituições, se os contratos forem renegociados e as bolsas cortadas parcialmente, a Ufal consegue garantir o funcionamento até o mês de outubro de 2019. Já o Ifal chegaria até setembro. Depois disso, os caixas ficam completamente zerados.

 

Gestão da Ufal divulga nota sobre bloqueio orçamentário feito pelo Governo Federal

Nota acerca do corte orçamentário imposto à Universidade Federal de Alagoas

 

A Universidade Federal de Alagoas informa que o Governo Federal efetuou o bloqueio orçamentário de R$ 39.576.608,00 (trinta e nove milhões, quinhentos e setenta e oito mil, seiscentos e oito reais) dos recursos de custeio e capital.

 

Foram efetivados bloqueios nas ações orçamentárias de funcionamento da Universidade, capacitação de servidores, recursos consignados ao Hospital veterinário da UFAL e funcionamento da Escola Técnica de Artes. Foram também bloqueadas as emendas parlamentares consignadas à UFAL pela bancada alagoana. Apenas as ações de assistência estudantil não foram afetadas pelo corte.

 

Esse valor representa 36,6% do orçamento de custeio e capital da UFAL que são os recursos utilizados para pagamento das despesas contratuais, água, energia elétrica, bolsas, aquisições de livros carteiras escolares, equipamentos de laboratório, etc. Foram bloqueados 30% do orçamento de custeio e 80,3% do orçamento de capital.

 

Se excluirmos da análise as ações de assistência estudantil, cujas despesas são restritas à assistência dos alunos em vulnerabilidade social (custeio dos alimentos do Restaurante Universitário, pagamento de bolsas), o corte representa 46,9% do orçamento da UFAL.

 

Antes do anúncio deste corte, a UFAL já trabalhava com orçamento aquém das necessidades que uma Universidade que consolida sua expansão, que faz pesquisa de ponta e que se expande para além de sus muros através das atividades de extensão. Neste novo cenário, a situação exige que medidas sejam adotadas para garantir o mínimo funcionamento da Universidade.

 

A UFAL informa que emitirá nota técnica para detalhar a situação apresentada, divulgará medidas de contenção de despesas e pautará na próxima sessão ordinária do Conselho Universitário (dia 06/05) um debate amplo sobre a situação em que a UFAL e as demais Universidades públicas se encontram.

 

A Gestão da UFAL reafirma seu compromisso com a defesa intransigente da recomposição do orçamento da Universidade, que é um patrimônio da sociedade alagoana, ao mesmo tempo em que considera que um país que não investe em educação está fadado aos retrocessos sociais e econômicos.







23 pensamentos em “Após cortes no orçamento, UFAL e IFAL podem fechar as portas”

  1. Que sirva de exemplompara a população de Paulo Afonso, na próxima eleição votem no PSL do miliciano e verão o que é bom pra tosse………….Vejam que em relação a taxa de esgotos cobrada pela EMBASA não apareceu nenhum apoiador do Bozo para protestar em favor da população mas quando for na eleição dão as caras com jeitinho de santo do pau oco pedindo votos.

  2. DEIXA DE SER IDIOTA, POIS TUDO ISSO É RESULTADO DA ROUBALHEIRA DE LULA E SEUS COMPARSAS. O PROBLEMA É QUE O PT JUNTO COM TEMER, AFUNDARAM O BRASIL, ENTENDEU SEU IMBECIL. NÃO TEM QUEM CONSERTE ISSO MAIS NÃO. ESTAMOS AO DEUS DARÁ.

    1. Vocês são cegos!
      Lula é único que defendeu o Nordeste e ampliou e fez as universidades Federais progredir.Ai uns idiotas,jumentos escolheram um louco como Bolsonaro para acabar com as políticas públicas e ainda culpa Lula?

    2. Esse título aí “Um Cidadão Esclarecido” não faz jus ao nome. Esse governo de Bolsonaro é tão incompetente que culpa os outros por suas cagadas.

  3. O PT nao afundou nada o pais. Como nao tem dinheiro q fica pagando propina aos deputados para ser capacho do bozo. Seu juiz comece tbm a proibir esses bares q ficam localizados bem proximos as residencias e colocam som alto ate tarde e as mesas e cadeiras nas calçadas nao permitindo o passeio das pessoas q tem q ficarem no meio da rua correndo o risco de serem atropelados.

  4. O único idiota que existe aqui é você, que infelizmente de “cidadão esclarecido” você não tem nada, pois sempre a desculpa de gente idiota que não tem competência o suficiente para explicar as atrocidades deste governo é jogar a culpa em cima do PT, pois segundo o ministro da educação Abraham, o corte nas verbas das instituições federais do governo, seria segundo eles para um “remanejamento”, se os cofres públicos estivesse quebrados como você certamente acha, ele não iria falar em “remanejamento” e sim em “contenção de gasto”, E se eles realmente quisessem fazer o remanejamento desses recursos destinados as instituições federais para a educação básica eles não teriam cortado mais de 2 bilhões de reais da educação básica. Infelizmente o que o governo do bozonaro quer, é formar um exército de gente retardada como você, pois infelizmente você e outros milhões de brasileiros já perderam o senso crítico e estão alienados. A única coisa que sinto de gente como você é pena.

  5. Vão ficar os 4 anos falando que tudo de errado é culpa do pt e de Lula? Não falaram que ia resolver tudo na primeira semana de governo? Só to vendo desgoverno e um presidente blogueirinha, fora os filhos que se metem em tudo e vão com o pai em viagens oficiais. O PSL já é o partido dos laranjais, e ainda falam mau do PT.

  6. Esses bolsominions ainda falam que não tem político de estimação, mas defendem tudo que esse presidente faz de errado. O partido do cara ta sendo investigado por desviado dinheiro na campanha com candidatos laranjas, tbm é culpa do PT? O filho do cara tem ligações com milicianos no Rio de janeiro, a primeira dama recebeu dinheiro do Queiroz na conta e tbm é culpa do PT?

  7. Faz uma arminha aí.kkkk. esse bulsomito vai acabar com tudo.um verdadeiro absurdo para nossa educação.eles disseram que iam resolver tudo já se passaram 120dias e nada.so quem acredita em papai Noel q confiam nisso aí.

  8. Quem, em sã consciência, acredita que a Universidade vai acabar por falta de verba? Vai acabar por que é dela que vem o questionamento, a reflexão. E conhecimento é proibido neste governo.

  9. Esses comunistas num param de chorar.Acabou a mamata num vai ter dinheiro pra fumar maconha mais nao.A maioria dessas universidades sao um antro de perdição. Parabens Bolsonaro vamos investir na educação das crianças. Chega pra essas univerdades comunistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.