Wagner anuncia cerca de 1900 PM’S e ampliação do serviço de segurança

Por | 24 de Abril de 2012 às 0:04

O reforço do policiamento e a melhoria das condições de trabalho dos policiais militares são destaques do programa de rádio desta terça-feira (24) com o governador Jaques Wagner, que participou nesta segunda (23), em Salvador, da solenidade comemorativa dos 187 anos de criação da Polícia Militar do Estado da Bahia (PMBA), com homenagens ao patrono da instituição, José Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes. “Estamos melhorando os nossos equipamentos, a nossa inteligência, para oferecer mais segurança à população”.

O governador fala da formatura, nesta quarta-feira (25), de cerca de 1900 soldados e diz que até o final do seu governo, em 2014, contratará mais policiais militares, além de policiais civis, a fim de melhorar todo o corpo da segurança pública do Estado, e em especial da PM.

Jaques Wagner parabeniza a Polícia Militar pelo aniversário e diz que o melhor presente que o governo pode dar a corporação, é melhorando as condições de trabalhos dos seus integrantes. Ele também reverenciou Tiradentes durante a cerimônia, realizada na Vila Policial Militar do Bonfim, na Avenida Dendezeiros, bairro do Bonfim, na capital baiana.

“É sempre importante ter em mente o desejo dos brasileiros de independência, democracia e progresso social, que também era o desejo de Tiradentes”. Na solenidade foram condecoradas personalidades e instituições que contribuíram para o progresso da PM nos serviços prestados à sociedade, com as medalhas do Mérito Policial Militar e Mérito Marechal Argolo – Visconde de Itaparica.

Dívida dos Estados – No programa, o governador cita sua participação, na semana passada em Brasília, de uma audiência pública na Câmara dos Deputados – com a presença de vários governadores -, que tratou da renegociação da dívida dos Estados com a União. Ele se refere ainda às medidas emergenciais que o governo estadual continua adotando para combater os efeitos da seca em diversas regiões da Bahia.

Segundo Wagner, o pleito dos governadores é no sentido de mudar as condições da renegociação das dívidas dos Estados, pois o processo não mais atende à atual realidade econômica e financeira do País. “Os Estados estão pagando índices de juros muito altos, maiores inclusive do que aqueles que o governo federal paga aos bancos, quando depende de dinheiro”.

O governador informa que a audiência foi positiva e acrescenta que houve concordância entre os participantes de que a Lei de Responsabilidade Fiscal e o controle da inflação são fundamentais, mas é preciso rediscutir o contrato da renegociação para ampliar a capacidade de investimento dos Estados. “Creio que o governo federal está aberto a essa discussão e vamos aguardar o desenrolar das próximas semanas e uma posição final, que possa atender ao controle da inflação e à necessidade dos Estados, inclusive a Bahia”.

Flagelo da seca – A longa estiagem em quase todo o interior baiano volta a ser destacada pelo governador. Ele fala das medidas emergenciais e das obras estruturantes empreendidas para combater o flagelo da seca e amenizar o sofrimento da população, causado pela perda de gado, de plantações, além da dificuldade de abastecimento em cidades de pequeno e médio porte. O governador cita também ações em andamento, como a prorrogação da dívida de agricultores, reforço no abastecimento com carros-pipa, distribuição de cestas básicas para a população e alimento para animais.

Wagner destaca a participação do governo federal no apoio à população atingida e, entre as obras estruturantes, destaca a construção de quatro adutoras (do Feijão, do Algodão, Pedras Altas e Ponto Novo) e do projeto aquífero de Tucano, no nordeste do Estado, para o aproveitamento de água subterrânea. “Além disso, estou levando várias propostas ao governo federal, tentando captar mais dinheiro para fazermos novas obras emergenciais e também estruturantes”.

Ele reafirma sua preocupação com os efeitos da estiagem e informa que equipes do governo estão atuando nas 24 horas do dia para vencer os desafios, ultrapassar as dificuldades e melhorar a situação vivida pela população de muitos municípios baianos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.